COLABORAÇÃO TRAZ NOVAS TRANSFORMAÇÕES NOS ESPAÇOS DE TRABALHO


29 de Maio de 2019

 

Por Krystle Murphy*

 

Não é novidade que os locais de trabalho estão em plena transformação. CEOs exigem velocidade, produtos e soluções que cheguem rapidamente ao mercado para serem competitivos. Também há altos esforços para atrair e manter uma força de trabalho talentosa, e os profissionais buscam por flexibilidade para trabalhar onde e quando quiserem.

Esses fatores estão levando as empresas a investir em produtos e serviços profissionais de áudio e vídeo. Em 2019, corporações de todo o planeta estão prevendo gastar US$ 40 bilhões em Pro AV, de acordo com o relatório IOTA (Industry Outlook and Trends Analysis), publicado pela AVIXA.

 

Ideias e ferramentas para

reduzir o tempo de obter

e compartilhar uma informação

 

Jean Rosauer, CMO e Consultora do Fuel Growth Group, trabalha junto a CEOs de tecnologia para acelerar o crescimento das empresas. Ela vê como grande transformação dos locais de trabalho a personalização da colaboração. “É a habilidade das pessoas escolherem os aplicativos ou dispositivos de colaboração que se encaixam em suas necessidades e permitem maior participação das equipes”, diz Rosauer. “Dispositivos que trabalhem com aplicações móveis trazem mais flexibilidade. Trabalhadores fixos e remotos podem ter uma experiência similar, apertando o mesmo botão verde para participarem de uma reunião, independentemente de estar no app ou no dispositivo”.

A possibilidade de criar fluxos de trabalho ininterruptos é outra grande transformação, de acordo com Sandeep Mehra, vice-presidente de Dispositivos da Cisco. “Combinando ferramentas de colaboração e produtividade, equipes podem reduzir o tempo para obter informações e compartilhá-las”, diz Mehra. “O tempo pode ser melhor gasto tomando decisões. Por exemplo, um time de vendas pode abrir um espaço online para troca de mensagens, compartilhamento de arquivos e reuniões por videoconferência”.

Há outro tipo de transformação nos modelos de trabalho do mundo corporativo que cria espaços acessíveis a todos. Mehra diz que, para serem mais ágeis, as companhias estão mudando de hierarquias para pequenos times com mais autonomia. Eles trabalham juntos mais informalmente, com menos agenda. Membros podem ser alocados no mesmo ambiente ou trabalharem de qualquer local.

Esse novo e flexível modelo de trabalho levou ao aumento dos espaços chamados huddle rooms: pequenos escritórios e salas, equipados com tecnologias colaborativas, onde equipes podem rápida e informalmente se juntar para a realização de um trabalho.

Os equipamentos das huddle rooms precisam ter a capacidade de conectar as equipes entre si, compartilhar conteúdos e permitir co-criação. Por exemplo, não há mais aglomeração em volta da tela de um notebook – tendo um dispositivo wireless de compartilhamento ligado a um monitor, os membros das equipes facilmente se conectam e compartilham suas telas no monitor maior.

 

*Artigo publicado originalmente na revista Xperience, da AVIXA. Para ver na íntegra, clique aqui.

 

Veja também:

SEGURANÇA EM REDES AV: COMO TRATAR DESSE PROBLEMA

EXTRON EXIBE SOLUÇÕES DE COLABORAÇÃO SEM FIO VIA IP

SOLUÇÕES DE COLABORAÇÃO SE DESTACAM NA ISE 2019

GLOBALIZAÇÃO 4.0: O ADMIRÁVEL MUNDO NOVO DA COLABORAÇÃO